Biblioteca Virtual da América Latina

Biblioteca Virtual da América Latina

América Latina

Peru

Nome oficial: República do Peru
Localização: América do Sul; a oeste banhado pelo oceano Pacífico; limitado ao norte com Equador e Colômbia, a leste com Brasil e Bolívia, ao sul com Chile
Estado: República Presidencialista
Capital: Lima
Idiomas: Espanhol, quíchua, aimará; outras línguas indígenas
Moeda: Novo sol
Superfície: 1.285.216 km²
População: 27.9092 milhões
Clima: Árido tropical; equatorial
Data de independência: 28 de julho de 1821
Constituição: 1993

O território peruano está localizado a oeste da América do Sul. É banhado pelo oceano Pacífico, e delimitado ao norte com Equador e Colômbia, a leste com Brasil e Bolívia, ao sul com Chile. O Peru foi habitado por povos das culturas moche e nazca, na área litorânea, e os huari e tiwanaku no interior do território. Quando da chegada dos espanhóis, em 1531, estava sob o domínio da civilização inca e centralizada em Cuzco (ou Cusco). O Império Inca se estendia desde o Equador até o centro do Chile, e tinha importantes edificações e infra-estrutura que foram utilizadas pelos colonizadores para as construções espanholas. O nome Peru provavelmente se origina do quícha Piruw, ou de um dialeto que identificava o nome de um rio como Birú ou Perú. Francisco Pizarro chega a esse território em 1532, e em 1535 funda a cidade de Lima, ou Cidade dos Reis, tornando-se posteriormente capital do Vice-reinado do Peru estabelecido em 1542, tendo sob sua jurisdição a América espanhola, e com muita importância regional pois as riquezas exploradas passavam por ela antes de seguirem para a Espanha. Em 1717 o Peru passa a integrar o Vice-reino de Nova Granada, e em 1776 do Vice-reino do Rio da Prata. Nesse período inúmeras revoltas existiram e no século XVIII as mais significativas foram lideradas por Juan Santos Atahualpa em 1742, e por Tupac Amaru em 1780. O Peru alcançou sua independência em 28 de julho de 1821 por uma ação conjunta do general José San Martín da Argentina e Simon Bolívar da Venezuela. Também existiram inúmeras situações de resistências nessa mesma época, e somente a partir de 1845 o país consegue formatar um Estado peruano mais moderno. Nos séculos XIX e XX o país tem inúmeros entraves com o Chile, Bolívia e Equador devido às questões de delimitações territoriais e exploração do guano e salitre. O século XX foi também marcado por conflitos sociais e políticos durante muitos anos, incluindo movimentos revolucionários que perduraram até o inicio da década dos anos de 1990 quando foi iniciado o processo de democratização. A população peruana é constituída por ameríndios, mestiços de ameríndios com brancos, brancos, negros, japoneses, chineses, outros. O Peru possui uma diversidade geográfica com planícies costeiras, altas e escarpadas montanhas na Cordilheira dos Andes, e terras baixas cobertas pela selva da bacia do rio Amazonas que proporcionam diversos recursos naturais. Na fronteira com a Bolívia situa-se o lago Titicaca, lago navegável de maior altitude do mundo a 3.821m do nível do mar. O país possui locais considerados pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade a saber: Santuário Histórico de Machu Picchu, Cidade de Cuzco, Centro Histórico da cidade de Lima e da cidade de Arequipa, Linhas e geóglifos de Nazca, entre muitos outros.

Fonte: Guia geográfico ( www.guiageo-americas.com ); Enciclopédia contemporânea da América Latina e do Caribe. São Paulo: Boitempo Editorial, 2006; P@íses - IBGE (www.ibge.gov.br/paisesat).

Saiba mais:

Memorial da América Latina
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 • 01156-001 • São Paulo/SP • Brasil
Tel: (55 11) 3823-4600 - Todos os direitos reservados - 2009