Biblioteca Virtual da América Latina

Biblioteca Virtual da América Latina

América Latina

Guatemala

Nome oficial: República de Guatemala
Localização: América Central; banhada a oeste pelo oceano Atlântico norte; limita ao norte com o México, a leste com Belize e o golfo de Honduras (mar do Caribe), a sudoeste com Honduras e ao sul com El Salvador
Estado: República Presidencialista
Capital: Cidade de Guatemala
Idiomas: Espanhol (oficial); línguas indígenas
Moeda: Quetzal
Superfície: 108.899 km²
População: 13.353 milhões
Clima: Tropical; temperado nas montanhas
Data de independência: 15 de setembro 1821
Constituição: 14 de janeiro de 1986

O território guatemalteco está localizado na América Central e é banhado a oeste pelo oceano Atlântico norte. Faz fronteira ao norte com o México, a leste com Belize e o golfo de Honduras (mar do Caribe), a sudoeste com Honduras e ao sul com El Salvador. Possui diversos lagos, cadeias de montanhas que são um prolongamento da Serra Madre mexicana, e também muitos vulcões, num total de 33, que chegam a medir mais de quatro mil metros de altitude. A palavra Guatemala tem provável origem indígena do vocábulo Quauhtematlan, que significa 'lugar das pilhas de lenha', ou Quhatezmalha, com o significado 'montanha que mina água'. A atual região da Guatemala foi habitada pela civilização Maia, cultura pré-colombiana com uma rica história e as evidências arqueológicas mostram que a edificação de sua arquitetura cerimonial foi iniciada há aproximadamente três mil anos. Inúmeras cidades-estado foram encontradas sendo que Tikal , na região de El Petén, foi um dos principais centros populacionais e culturais dessa civilização e iniciada no século IV a.C. . Outro sitio arqueológico localizado na mesma área é 'El Mirador' descoberto em 1926 e que tem cerca de 26 km², contemplando várias edificações onde se destacam três pirâmides que são notáveis complexos estruturais - El Tigre, La Danta e Los Monos - que variam de 60 a 75 metros de altura. Os Maias (ou seus predecessores Olmecas) desenvolveram o conceito de zero, um sistema de numeração de base 20, produziram observações astronômicas precisas e criaram sistemas de calendários que eram usados de forma estável. Possuíam uma economia agrícola e praticavam o comércio em toda Mesoamérica, sendo os principais produtos o cacau, o sal, o jade e a obsidiana. Os seus territórios foram absorvidos durante o processo de expansão do Império Asteca por volta do século XV, coincidindo com a chegada dos espanhóis no ano de 1519 quando Hernan Fernando Cortez inicia a conquista desse território que incluía as regiões anteriormente pertencentes aos Maias; no entanto encontrou muita resistência de várias cidades-estado sendo que a última a ser subjugada foi Tayasal em 1697. Pedro de Alvarado, companheiro de Cortez, funda em 1524 a Cidade de Guatemala, começando a colonização espanhola em toda região que perdurou até o século XIX, quando se dá o processo de independência e declarada em 15 de setembro 1821. No final desse século se instala uma economia de exportação sendo o principal produto o café; a formação do Estado nacional foi realizada pela elite baseada na economia desse produto e governaram até meados dos anos de 1950. A partir dessa época é estabelecida uma política inspirada na doutrina de segurança nacional e o país vivencia um longo período de guerrilhas e governos não democráticos. Na década dos anos 1990 há um processo de finalização do conflito armado e a reativação da economia propicia ao país um retorno às condições de uma conjuntura estrutural melhor para o seu crescimento, modernização e maior integração com outros países da região. A população da Guatemala é composta por mestiços de brancos e ameríndios, ameríndios, brancos, outros. O país possui florestas tropicais com rica flora e fauna diversificada em conseqüência de diferentes micro-climas. No vale de El Petén se concentram as principais atividades econômicas do país, se destacando o café, o açúcar, bananas e produtos manufaturados. Destacam-se também as artes têxteis que usam tradicionais padrões, motivos e cores embasadas na cultura de seus ancestrais. A Guatemala possui locais considerados pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade a saber: Parque Nacional de Tikal, Antigua Guatemala , Parque Arqueológico e Ruínas de Quirigua.

Fonte: Guia geográfico ( www.guiageo-americas.com ); Enciclopédia contemporânea da América Latina e do Caribe. São Paulo: Boitempo Editorial, 2006; P@íses - IBGE (www.ibge.gov.br/paisesat/); http://www.vmapas.com/maps/675-3/Mapa_Politico_Guatemala_2004.jpg

Saiba mais:

Memorial da América Latina
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 • 01156-001 • São Paulo/SP • Brasil
Tel: (55 11) 3823-4600 - Todos os direitos reservados - 2009