Biblioteca Virtual da América Latina

Biblioteca Virtual da América Latina

América Latina

Cuba

Nome oficial: República de Cuba
Localização: Mar do Caribe; banhada ao norte pelo estreito da Flórida e oceano Atlântico Norte, a noroeste pelo golfo do México, a oeste pelo canal de Yucatan, ao sul pelo mar das Caraíbas e a leste pela passagem de Barlavento
Estado: República Socialista
Capital: Havana
Idiomas: Espanhol
Moeda: Peso cubano
Superfície: 110.861 km²
População: 11,268 milhões
Clima: Tropical
Data de independência: 10 de outubro de 1868

Cuba é um arquipélago no Mar do Caribe formado por restingas, ilhotas e ilhas, sendo as maiores as Ilhas de Cuba e da Juventude. É banhado ao norte pelo estreito da Flórida e oceano Atlântico Norte, a noroeste pelo golfo do México, a oeste pelo canal de Yucatan, ao sul pelo mar das Caraíbas e a leste pela passagem de Barlavento. Os territórios mais próximos são as Bahamas a nordeste, o Haiti a sudeste, os Estados Unidos da América ao norte, as Ilhas Caymans, Jamaica e o território americano de Navassa ao sul. O arquipélago cubano é aproximadamente a soma da extensão de todo o resto do Caribe insular e ocupa uma posição singular diante das Américas, com respeito às comunicações continentais entre o Golfo do México e o Mar do Caribe, estando numa situação geográfica estratégica e que sempre teve uma grande influência em sua história. Cuba foi descoberta por Cristóvão Colombo em sua primeira viagem em 28 de outubro de 1492 e já contava com uma população numerosa em vários estágios de desenvolvimento, destacando-se as comunidades indígenas de siboneyes e taínos. Cuba foi ocupada e colonizada pela Espanha a partir de 1510, e em 1512 já contava com a primeira povoação denominada Nossa Senhora da Assunção de Barancoa; de lá partiram expedições que conquistaram o México e outras regiões entre a Flórida e o norte da América do Sul. O nome Cuba foi anotado no diário de viagem de Cristóvão Colombo em 1492, no entanto oficialmente a ilha recebeu primeiramente o nome de Juan (em homenagem a Juan de Castilha filho dos reis espanhóis); posteriormente em 1515 é designada como Fernandina, depois Santiago, Ave Maria, e por fim Cuba. Conforme dados históricos, é um nome indígena que identificava a atual cidade de Nuevitas, que depois passou a designar a ilha e finalmente o país. No século XVIII teve uma grande importância econômica devido ao cultivo do tabaco e da cana - de - açúcar e por conta disso Havana torna-se capital do país e transforma-se num importante porto na rota comercial entre a região e a Europa. Em 1762 a cidade é tomada por uma expedição inglesa que depois a troca com os espanhóis pela Flórida. Nesse mesmo período a população cresce muito estabelecendo uma primeira estrutura social de Cuba com o predomínio de uma cultura criolla, forma em que eram identificados os descendentes europeus nascidos na América. Foi uma região importante para o império espanhol como praça militar e de comunicações durante os três séculos, tornando-se numa das colônias mais ricas e modernas no século XVIII. Devido aos movimentos de libertação entre 1868 e 1898, tendo destaque José Marti, Cuba passa por momentos de instabilidade e é invadida na região sul da ilha, baía de Guantánamo, pelos Estados Unidos que permanecem até 1902 quando é proclamada a República em 20 de maio desse mesmo ano. No entanto, devido à Emenda Platt na constituição cubana, a soberania era limitada e a região de Guantánamo ficaria sob a custódia dos Estados Unidos e que permanece até hoje onde há uma base naval. A partir do inicio do século XX o país passou por inúmeros governos ditatoriais e que teve o seu apogeu com Fulgêncio Batista. Em 1953 Fidel Castro inicia um movimento revolucionário e em 1959 toma o poder implantando o socialismo no país que perdura até os dias atuais; embora o país enfrente problemas econômicos decorrentes do embargo existente desde 1962 pelos Estados Unidos e da recessão dos anos de 1990 o governo tenta suplantar essas situações com projetos de inovação tecnológica e ampliação do turismo. A ilha de Cuba é formada principalmente por planícies, colinas e montanhas escarpadas na zona sudeste do país, e a população é formada por mestiços de brancos e negros, brancos, negros, chineses. O país possui locais considerados pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade a saber: Centro Histórico Urbano de Havana e suas fortificações, Castelo de San Pedro de la Roca em Santiago de Cuba, Trinidad e o Vales de los Ingenios, Parque Nacional Desembargo del Granma, Parque Nacional Alejandro de Humboldt, Vale de Viñales entre outros.

Fonte: Guia geográfico ( www.guiageo-americas.com ); Enciclopédia contemporânea da América Latina e do Caribe. São Paulo: Boitempo Editorial, 2006; P@íses - IBGE (www.ibge.gov.br/paisesat/); http://2.bp.blogspot.com/_Bj_Fq4lpGH8/R40MwJNW_fI/AAAAAAAAtqM/0LMf77MdGzQ/s320/CUBA.gif

Saiba mais:

Memorial da América Latina
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 • 01156-001 • São Paulo/SP • Brasil
Tel: (55 11) 3823-4600 - Todos os direitos reservados - 2009